Trilhas do Mestre Álvaro serão acessíveis para deficientes visuais

As cinco trilhas do Mestre Álvaro vão ganhar placas bilíngues, sinalização mais completa, mais segurança e serão acessíveis

Trilhas do Mestre Álvaro serão acessíveis para deficientes visuais


Texto: Gabriela Conti

Boa notícia para os aventureiros de plantão. As cinco trilhas do Mestre Álvaro vão ganhar placas bilíngues, sinalização mais completa, mais segurança e serão acessíveis até para deficientes visuais.

O projeto, que está em fase de finalização, prevê a instalação de placas com orientações em português e inglês, sugestões de percursos mais curtos ou mais longos (dependendo do gosto do trilheiro), com indicações de nível de dificuldade das trilhas. Também serão instaladas cordas e degraus em madeira nos trechos mais difíceis. Será feita a remoção de pedras soltas para aumentar a segurança dos usuários. 

A grande novidade será a instalação em uma das trilhas de sinalização em Braille, para facilitar o acesso de pessoas com deficiência visual. O Braille é um sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão. 

As intervenções começarão a ser feitas na trilha norte, que é mais extensa e a mais utilizada pela população. O projeto foi realizado pela Secretaria de Meio Ambiente em conjunto com ONGs ambientais, que puderam opiniar e sugerir melhorias durante todo o processo.