SEDU - Secretaria de Educação
“Escola da Paz” começa neste sábado (2)
A população da região do Civit contará com diversas ações e apresentações culturais.

Priscila Cavalcante

priscila.nivea@serra.es.gov.br

 

Ações de paz e integração comunitária. Essa é a proposta do projeto “Escola da Paz” que a Prefeitura da Serra começa neste sábado (02), das 14 às 17h30, na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Iolanda Schineider, em Porto Canoa. A população da região do Civit contará com atividades variadas e apresentações culturais.

Miranda Neto Equipe da EMEF Iolanda Schineider se prepara para receber as escolas.

O projeto consiste em centralizar diversas atividades das unidades de ensino de determinada região da cidade em um único polo. Neste sábado (02), a escola-polo é a EMEF Iolanda Schineider, que receberá integrantes da EMEF Serra Dourada, além dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) Infância Feliz, Sonho Dourado e Helena Moreira. Nas próximas semanas, as regiões Litoral e José de Anchieta receberão o projeto.

“O objetivo do projeto é que todas as unidades de ensino concentrem suas atividades e apresentações culturais naquela unidade-polo, tornando-se assim, um fator de integração para as comunidades locais, promovendo encontros de paz e união”, disse a diretora do Departamento de Ensino, Rosani Moraes.

No dia 16 de junho, será a vez da EMEF Luis Batista receber o “Escola da Paz” com a participação das unidades da região de José de Anchieta: EMEF Dinorah Pereira Barcelos, EMEF Manoel Carlos de Miranda, EMEF Manoel Vieira Lessa, Pré-escola José de Anchieta II, CMEI Amélia Pereira e CMEI  A Pequena Manjedoura.

Já no dia 23 de junho, o projeto “Escola da Paz”” estará na região Litoral. As atividades estarão centralizadas na EMEF Leonel de Moura Brizola, em Jacaraípe. As escolas que vão participar são: EMEF Leonel de Moura Brizola, EMEF Dom Helder, EMEF Amélia Loureiro, EMEF Neuza Peyneau, CMEI Jacaraípe, CMEI Letícia Pedro, CMEI São Patrício e EMEF Valeriana Rosa César.

A comunidade poderá assistir a apresentações culturais e aos projetos desenvolvidos nas unidades de ensino, em especial, o Programa de Educação em Valores Humanos, implantado em 35 unidades da Serra, além de conferir mostras culturais, teatro, dança, música, oficinas e atividades esportivas. Para isso, o projeto contará também com os participantes dos programas Mais Educação e Escola Aberta, que já oferecem atividades variadas,  para atuarem também no projeto “Escola da Paz”.

Nenhuma escola é obrigada a entrar neste projeto. Seguimos a linha do Programa de Educação em Valores Humanos, em que a adesão é voluntária. Após os resultados dessa primeira fase experimental, vamos analisar se o projeto ‘Escola da Paz’ poderá ser implantado de forma permanente nas unidades de ensino do município”, pontua Rosani.

Programação Escola da Paz:

Regiões:

Civit – 2 de junho

Escola-polo : EMEF Iolanda Schineider (Porto Canoa): EMEF Serra Dourada, CMEI Infância Feliz, CMEI Sonho Dourado, CMEI Helena Moreira.

José de Anchieta – 16/06

Escola-polo: EMEF Luis Batista: EMEF Dinorah, EMEF Manoel Carlos de Miranda, EMEF Manoel Vieira, Pré-Escola José de Anchieta II, CMEI Amélia Pereira e CMEI A Pequena Manjedoura.

Região Litoral – 23/06

Escola-polo: EMEF Leonel de Moura  Brizola: EMEF Dom Helder, EMEF Amélia Loureiro, EMEF Neuza Peyneau, CMEI Jacaraípe, CMEI Letícia Pedro, CMEI São Patrício e EMEF Valeriana Rosa César.

 

 

 

 

 

 

 

CRÉDITOS: Secretaria de Educação | 31/05/2012