Bike Serra: aprenda a utilizar o serviço de bicicletas compartilhadas

Ao todo, a cidade terá 20 pontos de compartilhamento, totalizando 200 bicicletas de uso comunitário
Bike Serra: aprenda a utilizar o serviço de bicicletas compartilhadas
TEXTO: Eduardo Candeias   FOTO: Everton Nunes/Secom-PMS

O sistema de compartilhamento de bicicletas, o “Bike Serra”, já está disponível para o público com 19 estações em funcionamento. Nos próximos dias, será inaugurada a 20ª estação.  Ao todo, a cidade terá 200 bicicletas de uso comunitário. Os locais das estações foram escolhidos por estarem conectados com a rede cicloviária da Serra, que tem 57 quilômetros.

O sistema opera todos os dias das 5 às 23 horas. A devolução das bicicletas pode ser realizada até às 24 horas. As bicicletas para adultos têm câmbio manual com três marchas, freios dianteiros e traseiros, retrovisor do lado esquerdo, campainha sonora e chip de rastreamento. As de uso infantil, para crianças de até 10 anos, têm altura de até 1,5 metro e rodinhas laterais retráteis.

O Bike Serra é operado pela empresa Serttel e tem o patrocínio do Sicoob.

Como usar o serviço

Os novos usuários do sistema de compartilhamento de bicicletas devem baixar o aplicativo “Bike Serra” nas lojas virtuais da “App Store”, no sistema iOS, ou no “Play Store”, no sistema Android.  

Em seguida, é necessário criar uma conta de usuário. O aplicativo do Bike Serra permite verificar os locais das estações mais próximas de você e a quantidade de bikes e vagas disponíveis.

No aplicativo serão ofertados os planos diário, semanal, mensal e anual: O passe diário custa R$ 7,50; o semanal, R$ 11,25; a assinatura mensal tem o valor de R$ 15 e a anual, R$ 93,75.

Depois de comprar o passe, escolha a estação de compartilhamento e em seguida selecione uma bike para pedalar. Após finalizar uma viagem você pode realizar uma avaliação que mais se aproxima de sua satisfação em usar o serviço do Bike Serra.