Saiba como denunciar os focos do Aedes aegypti

Não é preciso se identificar, basta apenas ligar para o 3228-5394. Nesse telefone também é possível solicitar visitas domiciliares, telagens de caixa d?água, orientações relacionadas à dengue, entre outros serviços.

Saiba como denunciar os focos do Aedes aegypti


Texto: Amanda Amaral - Foto: Amanda Amaral

A população é a principal aliada do município no combate ao mosquito Aedes aegypti. Além de ter a responsabilidade de cuidar de sua residência, evitando o acúmulo de água, os moradores também pode denunciar locais onde há suspeita de haver focos do mosquito. A denúncia pode ser anônima.

Não é preciso se identificar, basta apenas ligar para o 3228-5394. Nesse telefone também é possível solicitar visitas domiciliares, telagens de caixa d’água, orientações relacionadas à dengue, entre outros serviços.

O Centro de Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) da Serra mantém os serviços de Disque Dengue de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Rotina

São ações de rotina: a passagem do carro fumacê e do UBV pesado, colocação de larvicidas nas valas e córregos, vedação de caixas d’água, trabalho com bombas costais para pulverização, monitoramento das armadilhas (MI), atividades de educação em saúde, além das visitas domiciliares e a locais estratégicos (borracharias, floriculturas, ferros-velhos, entre outros).

Em 2018, foram realizados quatro Levantamentos Rápidos do Índice de Infestação do Aedes aegpyti (LirAa). A ferramenta foi criada para identificar os locais com focos do mosquito, possibilitando traçar um mapa dos locais mais infestados. Com isso, é possível planejar melhor as ações de combate ao Aedes aegypti e criar estratégias para exterminar os criadouros.