Serra sedia primeiro Campeonato Capixaba de BMX Race

A categoria Elite Men ainda reunirá os melhores atletas do triângulo Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espirito Santo
Serra sedia primeiro Campeonato Capixaba de BMX Race
TEXTO: Eduardo Candeias   FOTO: Everton Nunes/Secom-PMS

A pista de bicicross, em Novo Porto Canoa, será sede do primeiro campeonato capixaba de BMX Race. A competição terá prova em 15 categorias e reunirá cerca de 80 competidores, com idades entre 5 e 50 anos. A categoria Elite Men ainda reunirá os melhores atletas do triângulo Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espirito Santo.

A programação começou neste sábado (14), com treinos livres às 9h, e treinos oficiais a partir das 16 horas. Já no domingo (15), serão realizados treinos oficias a partir das 9h, e competições a partir das 10h15. A premiação está marcada para acontecer às 12h30.

O Campeonato Capixaba de BMX Race é uma organização e realização da Federação Espírito-Santense de Ciclismo (Fesc), com apoio da Prefeitura da Serra.

A Pista

Inaugurada em março desse ano, a pista de bicicross da Serra é uma das maiores do país e a primeira e única oficial para competições no Estado. Localizada na Avenida Amazonas, em Novo Porto Canoa, o local era conhecido como um dos maiores lixões da Serra, de onde eram retiradas mensalmente até 400 toneladas de entulho, o equivale a, aproximadamente, 13 carretas.

A pista é a única totalmente asfaltada do Brasil, por isso, super-rápida e pronta para receber competições estaduais e nacionais. A pista também está entre as quatro melhores pistas de um gate (saída) do país, junto com Campo Bom (RS), Americana (SP) e Fortaleza (CE).

Com aproximadamente 370 metros de comprimento e quatro retas, é a primeira pista de bicicross no Espírito Santo com um sistema de largada padronizado pela União Ciclista Internacional (UCI). O sistema é de ar comprimido que emitirá um sinal sonoro e um sinal visual, liberando os competidores.

A primeira reta tem mais de 8 metros de largura, a segunda tem mais de 7 metros, a terceira cerca de 5 metros e a chegada, aproximadamente, 4 metros. Uma das retas da pista tem obstáculos menores e é voltada para as crianças. O trajeto tem três curvas e uma delas, apelidada de tsunami, é destaque, com cerca de 60 metros.

Ao todo, são mais de 10 sequências de obstáculos. Oito competidores podem participar de vez em cada bateria. Para completar a competição, os corredores fazem o percurso super-rápido, em torno de 40 a 45 segundos.

A estrutura da pista foi concebida com auxilio técnico da Federação Espírito-Santense de Ciclismo (Fesc) e todo o circuito segue as regras estabelecidas pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

Programação:
Sábado (14)
9 às 12h - Treinos livres
16 às 19h15 – Treinos oficias

Domingo (15)
9 às 10h15 – Treinos oficiais
10h15 às 12h30 – Competições
12h30 – Premiação