Conectando gerações: Prefeitura vai oferecer oficina de letramento digital a idosos

As inscrições devem começar em fevereiro

Conectando gerações: Prefeitura vai oferecer oficina de letramento digital a idosos


Texto: Djeisan Maria - Foto: Freepik

A Prefeitura da Serra vai promover oficinas de letramento digital direcionadas, prioritariamente, a pessoas idosas. O objetivo é capacitá-las para as mudanças da era digital e promover o uso seguro da internet.

Inicialmente, as turmas serão destinadas àqueles atendidos pelos Centros de Convivência para Idosos na Serra e a expectativa é que os cursos acontecem neste ano.

O letramento digital abrange a habilidade de compreender e utilizar amplamente tecnologias digitais, incluindo conhecimentos sobre proteção de dados, resolução de problemas e interação online, além das competências técnicas fundamentais.

Essa iniciativa atende a uma necessidade crescente no município conforme dados do Censo Demográfico de 2022 do IBGE, que revelam um recorde no índice de envelhecimento no país.

Segundo o levantamento, pessoas com 65 anos ou mais no país já somam 10,9% (22.169.101) da população. A taxa representa um aumento de 57,4% em relação a 2010, quando a população idosa do país era de 7,4%.

As capacitações resultam de uma parceria entre a Prefeitura da Serra e as Secretarias de Assistência Social (Semas), Inovação, Ciência e Tecnologia (Seicit) e Ifes Serra.

A secretária de Assistência Social Cláudia Silva destaca que as oficinas visam introduzir os idosos às novas tecnologias, promovendo autonomia na utilização de computadores, notebooks, tablets e smartphones. Isso amplia as possibilidades de comunicação e fortalece os vínculos familiares e comunitários.

Pedro Trindade, titular da Seicit, ressalta a importância das oficinas como parte da transformação digital na Prefeitura da Serra, oferecendo acesso remoto aos serviços e incluindo aqueles que não têm familiaridade com o mundo online. Ele destaca a necessidade de proporcionar condições para a melhor utilização desses serviços pelos cidadãos.

A professora do Ifes, Marta Freire Mendes, enfatiza que essa parceria desempenha um papel crucial ao garantir que os moradores da Serra estejam devidamente preparados para enfrentar desafios e aproveitar as oportunidades oferecidas pelo mundo digital.