Violência contra a mulher: saiba onde procurar ajuda na Serra

Atendimentos acontecem das mais diversas formas, em ações rotineiras nos equipamentos públicos ou em iniciativas itinerantes

Violência contra a mulher: saiba onde procurar ajuda na Serra


Texto: Marcos Sacramento - Foto: Freepik

A Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (Seppom), disponibiliza vários serviços para atender mulheres vítimas de violências. Os atendimentos acontecem das mais diversas formas, tanto nas ações rotineiras nos equipamentos públicos, quanto em iniciativas itinerantes como o “Conta Comigo” e o “Serra + Cidadã”.

Em relação aos atendimentos rotineiros, a porta de entrada é na própria Seppom ou no  Centro de Referência da Mulher (Cramvis), espaço que oferece atendimento qualificado e humanizado a mulheres em situação de violência. 

Localizado na rua Maestro Antônio Cícero, em Serra Sede, o Cramvis conta com salas privativas para atendimento, sala com brinquedos para as crianças, fraldário e área de amamentação. 

O trabalho é realizado por uma equipe composta de assistentes sociais e profissionais de psicologia. Além do acolhimento e atendimentos psicossocial, de orientação jurídica e encaminhamentos para a Casa Abrigo, quando necessário, o espaço oferece também cursos de capacitação para as mulheres. 

O Cramvis funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Aos sábados, das 8 ao meio-dia. O acesso aos serviços se dá por demanda espontânea, ou seja, comparecendo ao local, por encaminhamento de outros órgãos (CRAS, Delegacia, Unidade de Saúde), por busca ativa e por agendamento, que pode ser feito pelos telefones (27) 99836-2909 (celular e Whatsapp) e (27) 3328-7500.

Atividades itinerantes

Em relação às atividades itinerantes, são realizadas no “Conta Comigo”, ação realizada nos bairros ou Shopping Montserrat, na qual além da orientação sobre as violências, são oferecidos serviços variados, como orientação jurídica, Procon e atendimentos na área da saúde. 

Além do “Conta Comigo”, há o mutirão “Serra + Cidadã”, realizado mensalmente em bairros da Serra, onde as mulheres têm acesso aos mais variados serviços ofertados pela Prefeitura. 

16 dias de ativismo

Neste mês de novembro, a Prefeitura da Serra vai aderir à campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Realizada anualmente, começa no dia 20 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, e termina em 10 de dezembro. 

A programação da Serra, que será coordenada pela Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (Seppom) está na fase final de elaboração.